00:00:00
26 May

Vereador de Cedro é preso em operação da PF que apura desvio de dinheiro público e fraudes

O vereador do município de Cedro, Miguel Inocêncio Leite (PTB) foi preso temporariamente na quinta-feira (08), durante a operação ‘Octopus’, da Polícia Federal em Pernambuco. Essa ação é um desmembramento da Operação Chofer, realizada em maio deste ano, na Prefeitura de Cedro e na residência do prefeito, para apuração de desvio de recursos públicos na cidade.

A operação ‘Octopus’ visa apurar a prática dos crimes de frustração, fraudes em licitações, peculato e lavagem de dinheiro. “A Prefeitura de Cedro recebia recursos do Governo Federal para pode investir na manutenção das viaturas e também na questão da reforma de prédios da prefeitura. Esses recursos eram feitas as licitações em empresas fantasmas com pessoas que tinham se quer condições financeiras e nem também tinha uma empresa fixa que desenvolvia essas atividades. E essas atividades eram devolvidas via de regra as terras do prefeito, onde essas viaturas eram feitas. Então tudo era feito de uma forma a tentar que esses recursos fossem desviados”. explicou o assessor da Polícia Federal, Giovani Santoro.

Ao todo, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo um deles na Câmara Municipal de Cedro, e outros dois nas residências do vereador Miguel Inocêncio Leite, de 56 anos e de Cícero Manoel de Figueiredo, que estaria sendo utilizado como laranja e que não tinha vínculos com a prefeitura. As duas prisões foram temporárias e após o interrogatório e o cumprimento das diligências, ambos foram liberados.

O vereador está afastado do exercício do cargo por 30 dias, conforme determinação do Juiz Estadual da Comarca de Serrita.

 
Veículo apreendido pela Polícia Federal em Cedro  — Foto: Divulgação/ Polícia Federal

A Polícia Federal apreendeu, durante a operação, um veículo, celulares, mídias e documentos que vão passar por perícia técnica que subsidiará as investigações que estão em andamento.

Segundo o assessor da PF, Giovani Santoro, não se destaca nova fase da operação para cumprir novas medidas judiciais.

Operação Chofer

A Operação Chofer foi realizada no dia 15 de maio pela Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. Segundo a polícia, o prefeito Antonio Inocêncio Leite utilizava de ‘laranjas’ para vencer procedimentos licitatórios e/ou dispensá-los indevidamente. Desta forma, ele fazia apropriação de recursos públicos sem a prestação dos serviços e/ou fornecimento dos produtos.

You may be interested

Após depor por cinco horas, Paulo Marinho diz que processo é ‘sigiloso’ e não dá declarações
Brasil
Brasil

Após depor por cinco horas, Paulo Marinho diz que processo é ‘sigiloso’ e não dá declarações

Rosana Flores - 20/05/2020

Após cerca de cinco horas de depoimento na superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, o empresário Paulo Marinho disse que não podia comentar sobre o…

Senado aprova projeto que inclui morte pela Covid-19 em seguro de vida
Brasil
Brasil

Senado aprova projeto que inclui morte pela Covid-19 em seguro de vida

Rosana Flores - 20/05/2020

Por unanimidade, o Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (20), projeto que inclui casos de morte pela Covid-19 na cobertura de seguros de vida. O texto também impede…

Campos Neto diz que projeto sobre autonomia do BC está pronto para ser votado
Brasil
Brasil

Campos Neto diz que projeto sobre autonomia do BC está pronto para ser votado

Rosana Flores - 20/05/2020

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira (20) que o projeto de autonomia da instituição está pronto para ser votado. Nas últimas semanas,…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category