00:00:00
15 Sep

Vazamento é registrado na Refinaria Abreu e Lima

Caminhões estacionados próximo à Refinaria Abreu e Lima, no Grande Recife, nesta terça-feira (27) — Foto: Reprodução/TV Globo

Caminhões estacionados próximo à Refinaria Abreu e Lima, no Grande Recife, nesta terça-feira (27) — Foto: Reprodução/TV Globo

Um vazamento de óleo foi registrado na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), no Complexo de Suape, no Grande Recife, segundo o coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Petróleo de Pernambuco (Sindipetro-PE), Rogério Almeida. A Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) informou que enviou uma equipe ao local nesta terça-feira (27).

A comunicação de Suape afirmou, por telefone, que tomou conhecimento do vazamento na planta da refinaria, mas que não era possível confirmar se foi de óleo. A CPRH é o órgão responsável por identificar o tipo de material e o impacto ambiental.

 
Barreira de contenção utilizada para conter vazamento na Refinaria Abreu e Lima, no Grande Recife, nesta terça-feira (27) — Foto: Rogério Almeida/Sindipetro

Barreira de contenção utilizada para conter vazamento na Refinaria Abreu e Lima, no Grande Recife, nesta terça-feira (27) — Foto: Rogério Almeida/Sindipetro

“Está ocorrendo um vazamento na área de processamento. Esse vazamento ultrapassou o limite da Refinaria e caiu aqui no mangue, nas margens da via que segue para Porto de Galinhas. Os caminhões [da Rnest] estão tentando recolher esse óleo”, disse Almeida.

O coordenador do Sindipetro apontou, ainda, que barreiras de contenção foram colocadas para evitar que a substância atinja mais áreas de mangue.

G1 entrou em contato com a Petrobras, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

 
Imagem área mostra a Refinaria Abreu e Lima, no Complexo de Suape, no Grande Recife, nesta terça-feira (27) — Foto: Reprodução/TV Globo

Imagem área mostra a Refinaria Abreu e Lima, no Complexo de Suape, no Grande Recife, nesta terça-feira (27) — Foto: Reprodução/TV Globo

Bacia de Campos

Um vazamento de óleo residual de um navio foi identificado na Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro, pela Petrobras. Um sobrevoo, na segunda (26), constatou presença de óleo no mar, com volume estimado em 6,6 mil litros, além do vazamento identificado e já recolhido de 1,2 mil litros, divulgado na sexta (23).

Segundo a estatal, o vazamento foi causado por conta de trincas no casco de um navio da empresa Modec.

You may be interested

Mesmo com resultado negativo do IBC-Br, tendência é de recuperação gradual da economia
Economia
8 visualizações
Economia
8 visualizações

Mesmo com resultado negativo do IBC-Br, tendência é de recuperação gradual da economia

Rosana Flores - 13/09/2019

O resultado negativo do índice de atividade do Banco Central, o IBC-Br, divulgado nesta sexta-feira (13), interrompe a sequência de alta que vinha desde maio. Mas será mesmo…

Pernambuco registra 6.645 roubos em agosto de 2019
Crimes
8 visualizações
Crimes
8 visualizações

Pernambuco registra 6.645 roubos em agosto de 2019

Rosana Flores - 13/09/2019

Pernambuco contabilizou 6.645 roubos, em agosto de 2019, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS). O número, divulgado nesta sexta-feira (13), é 13,28% menor do…

Adolescente de 15 anos passa nove meses esperando gêmeos e após parto recebe apenas um bebê
Pernambuco Agora
8 visualizações
Pernambuco Agora
8 visualizações

Adolescente de 15 anos passa nove meses esperando gêmeos e após parto recebe apenas um bebê

Rosana Flores - 13/09/2019

"Imagina o meu neto crescer pensando que o irmão dele foi levado? Se for erro das clínicas, vamos aceitar, mas se tinha outro bebê, vivo ou morto,…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category