00:00:00
15 Sep

Voluntários encontram corpo durante mutirão de limpeza no Rio Capibaribe, no Recife

Um corpo foi encontrado boiando no Rio Capibaribe, na altura da Rua Marquês de Tamandaré, próximo à Praça do Jardim Secreto, no bairro do Poço da Panela, na Zona Norte do Recife. Voluntários da ONG Recapibaribe participavam de um mutirão de limpeza no rio quando viram o cadáver, no início da tarde do sábado (31).

Eles retiraram o corpo e o levaram para a margem do rio, acionando os policiais em seguida. De acordo com a Polícia Civil, não foi possível identificar a pessoa encontrada sem vida no local, nem nome, idade ou mesmo o sexo.

O corpo foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, no bairro de Santo Amaro, na área central da cidade, para passar por exames a fim de que a causa da morte seja descoberta. A Delegacia de Casa Amarela investiga o caso.

Outros casos

Este é o sexto corpo encontrado no Rio Capibaribe neste ano. No dia 20 julho, bombeiros retiraram um homem que teria pulado na água para fugir de agressores e acabou morrendo. O caso ocorreu na altura do bairro dos Coelhos, na área central do Recife.

No dia 12 de julho, um homem morto foi encontrado no rio pela Polícia Militar. O cadáver apareceu também na área central da cidade, mas desta vez no bairro de Santo Antônio.

O corpo de uma mulher também foi encontrado às margens do rio, no Centro do Recife, no dia 26 de junho. Segundo o Corpo de Bombeiros, ela aparentava ter entre 30 e 35 anos de idade e estava com uma perfuração no pescoço.

Em 25 de junho, uma jovem foi encontrada morta no leito do rio com sinais de violência. Ela foi identificada como Ana Carolina de Souza e, segundo os parentes, o corpo apresentava um grande hematoma na cabeça e várias lesões no rosto.

Em fevereiro, um jovem de 20 anos também foi encontrado morto no Rio Capibaribe, na altura da Rua Tamandaré, em Casa Forte, na Zona Norte da cidade. Ewerton Cleber da Silva Soareas tinha ido tomar banho com amigos no rio quando desapareceu. Segundo o Corpo de Bombeiros, a correnteza do rio estava forte quando o rapaz mergulhou.

O mutirão

Projeto tira toneladas de lixo do Rio Capibaribe todos os anos — Foto: Socorro Cantanhede/Divulgação

Projeto tira toneladas de lixo do Rio Capibaribe todos os anos — Foto: Socorro Cantanhede/Divulgação

Os voluntários da ONG estavam no rio para a 12ª edição do projeto Há Gosto pelo Capibaribe, que acontece uma vez por ano, no dia 31 de agosto. Ao todo, eles retiraram seis toneladas de lixo de dentro da água, com a ajuda de pescadores da região, que cederam 50 barcos para as buscas por resíduos no leito do rio.

A iniciativa buscou conscientizar o poder público e a sociedade civil sobre a importância de cuidar do rio. Entre os resíduos mais encontrados, estão capacetes de motocicleta, carcaças de geladeira, pneus de carro, caminhão e trator. Os voluntários também encontraram bicicletas dentro da água.

Segundo a fundadora e coordenadora da ONG Recapibaribe, Socorro Cantanhede, o trabalho contou com a ajuda de representantes do Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (Ciee), estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e de escolas públicas do Recife.

“O objetivo é juntar nossas forças para ajudar quem não quer nada da gente, a não ser viver. E esse alguém é o rio. Ele nos dá vida e nós devolvemos lixo para ele. Precisamos deixar de pescar lixo e voltar a pescar peixe”, afirma Socorro.

 
Quantidade de capacetes jogados no Rio Capibaribe surpreendeu os voluntários  — Foto: Socorro Cantanhede/Divulgação

Quantidade de capacetes jogados no Rio Capibaribe surpreendeu os voluntários — Foto: Socorro Cantanhede/Divulgação

A ajuda financeira também fez parte das ações do mutirão. Outros cinco barcos foram usados para passeios pelo rio, que iam sendo “adotados” a cada volta no Capibaribe, com renda destinadas aos barqueiros.

“A gente também levou as pessoas para contemplarem o rio numa tentativa de pescar a consciência delas sobre a importância de preservar o Capibaribe. O que mais tira a vida do rio é a grande quantidade de esgotos que deságuam nele”, diz a coordenadora da ONG.

A programação começou às 8h, com um café da manhã. Às 10h30, os voluntários começaram a coletar o lixo na água e só terminaram às 14h. A pesagem dos resíduos recolhidos terminou por volta das 16h. A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) ajudou na coleta do lixo encontrado.

No ano passado, a ação do dia 31 de agosto retirou mais de 29 toneladas de lixo do Rio Capibaribe usando 140 barcos. A ONG Recapibaribe trabalha há mais de 20 anos em trabalhos para a preservação do rio.

 
Voluntária encontra boneca em meio à sujeira na água do Rio Capibaribe — Foto: Socorro Cantanhede/Divulgação

Voluntária encontra boneca em meio à sujeira na água do Rio Capibaribe — Foto: Socorro Cantanhede/Divulgação

O rio

O Rio Capibaribe nasce no limite dos municípios de Jataúba e Poção, no Agreste de Pernambuco. Ao todo, ele tem 280 quilômetros de extensão, com mais de 70 afluentes que passam por 41 cidades do estado.

Importante também para a história de Pernambuco, o Rio Capibaribe já foi uma das principais ligações entre os engenhos produtores de cana-de-açúcar na Zona da Mata e as regiões do Agreste e do Sertão. Os engenhos ficavam na várzea do rio por causa do tipo de solo, com massapê e terra vermelha fértil, fundamentais para a cultura da cana.

You may be interested

Mesmo com resultado negativo do IBC-Br, tendência é de recuperação gradual da economia
Economia
8 visualizações
Economia
8 visualizações

Mesmo com resultado negativo do IBC-Br, tendência é de recuperação gradual da economia

Rosana Flores - 13/09/2019

O resultado negativo do índice de atividade do Banco Central, o IBC-Br, divulgado nesta sexta-feira (13), interrompe a sequência de alta que vinha desde maio. Mas será mesmo…

Pernambuco registra 6.645 roubos em agosto de 2019
Crimes
8 visualizações
Crimes
8 visualizações

Pernambuco registra 6.645 roubos em agosto de 2019

Rosana Flores - 13/09/2019

Pernambuco contabilizou 6.645 roubos, em agosto de 2019, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS). O número, divulgado nesta sexta-feira (13), é 13,28% menor do…

Adolescente de 15 anos passa nove meses esperando gêmeos e após parto recebe apenas um bebê
Pernambuco Agora
8 visualizações
Pernambuco Agora
8 visualizações

Adolescente de 15 anos passa nove meses esperando gêmeos e após parto recebe apenas um bebê

Rosana Flores - 13/09/2019

"Imagina o meu neto crescer pensando que o irmão dele foi levado? Se for erro das clínicas, vamos aceitar, mas se tinha outro bebê, vivo ou morto,…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category