A partir desta quinta-feira (17)a Prefeitura do Ipojuca inicia a vacinação contra a COVID-19 para quem tem 45 anos ou mais, além disso, implantou, através da Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação itinerante para alcançar a população da Zona Rural. “Vamos utilizar todas as estratégias possíveis para levar a vacina para a nossa população. Temos, em Ipojuca, 72 engenhos ativos e muitos trabalhadores não têm facilidade de ir até os polos de vacinação dos distritos. A Secretaria de Saúde vai levar até eles”, explicou a prefeita Célia Sales.

A ação, é mais uma estratégia de Ipojuca para avançar na imunização de toda a população do município. A vacinação itinerante acontece duas vezes na semana (terças e quintas) e os primeiros engenhos a receberem a visita da unidade móvel foram: Jussaral e Sibiró da Serra. “Estamos levando as doses para as comunidades mais distantes, facilitando o acesso dos moradores para receberem a sua imunização. Só vamos minimizar os números de casos da COVID-19 quando a maior parte da população estiver vacinada e isto não pode acontecer só na área urbana, mas na área rural também”, destacou a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Kate Gomes.

Entre os moradores beneficiados com a ação estava a dona de casa, Creuza Borges de Oliveira, do Engenho Sibiró. “Essa vacina significa muito para prevenir e a gente não pegar essa doença. E que bom que foi aqui na porta de casa”, comemorou Creuza. Nesta quinta (16) os profissionais de saúde levarão a vacina para os Currais de São Miguel, Engenho Saco e Boa Cica. Na área urbana seguem sendo vacinados os ipojucanos com 45 anos ou mais, grávidas e puérperas, profissionais da educação e de limpeza urbana com 40 anos ou mais, além das categorias (de qualquer faixa etária) dos Guardas Municipais, Salva Mar, Defesa Civil, professores e profissionais da rede de saúde privada. Além pessoas a partir de 18 anos com comorbidades incluídas nas fases 1 e 2, doenças raras e pessoas com deficiência. Não é necessário agendamento apenas os documentos: cartão do SUS, CPF, RG, comprovante de residência, documento do trabalho (se for o grupo prioritário das categorias), laudo médico (em caso de comorbidades), caderneta da gestante e certidão de nascimento do bebê (para as puérperas).

Polos fixos de vacinação

– Creche Jusete Barbosa (Ipojuca Centro)

– Centro da Mulher (Ipojuca Centro), exclusivo para gravidas e puérperas

– Escola Maria das Dores (Nossa Senhora do Ó)

– Policlínica de Porto de Galinhas

– Escola Jarbas Passarinho (Camela)