Gilson Machado Neto visitou obras apoiadas pelo MTur no estado e discutiu ações de retomada do setor com gestores públicos e empreendedores locais

Alagoas recebeu nesta quinta-feira (24.06) a visita do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que cumpriu uma extensa agenda de trabalho no estado. Na capital Maceió, o ministro, acompanhado do prefeito da cidade, João Henrique Caldas, visitou as obras da Ecovia Norte, que conta com R$ 16,6 milhões do MTur, além de R$ 4,1 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Gilson Machado Neto destacou vantagens da iniciativa para o turismo local. “Uma obra importantíssima para o turismo na região, vai ligar o aeroporto ao litoral Norte de Alagoas”, apontou. Já o prefeito JHC ressaltou avanços no acesso à Costa dos Corais. “Isso vai potencializar ainda mais as nossas belezas porque aqui é uma via importante para que os turistas possam conhecer toda a nossa Costa dos Corais”, frisou.

O ministro do Turismo também se reuniu com o prefeito de Porto de Pedras, Henrique Vilela, e outros prefeitos da região, que trataram de ações de estruturação e da retomada do turismo. Vilela comemorou a passagem de Machado Neto pelo município, distante 122 quilômetros de Maceió. “Em 100 anos, é a primeira vez que a cidade recebe um ministro de Estado. A nossa principal indústria é o turismo, é ela que precisamos desenvolver”, declarou Vilela.

Machado Neto anunciou a liberação de R$ 44 mil pelo MTur para a construção da Praça da Praia de Lages de Porto de Pedras. O ministro enalteceu o potencial do turismo nacional no pós-pandemia, especialmente a partir da associação do setor com a necessária preservação ambiental. “Contem com o nosso governo para termos soluções sempre sustentáveis. Essa região, preservada, tem muito a oferecer para o turista”, observou.

Já em Maragogi, no litoral Norte alagoano, o ministro se encontrou com o prefeito Sérgio Lira. Os dois debateram projetos turísticos apoiados pelo MTur na cidade, como o Pavilhão do Artesanato (R$ 900 mil), o Terminal Rodoviário (R$ 2,1 milhões) e o Centro de Convenções (R$ 5,2 milhões). Machado Neto e Lira também estiveram no local destinado às futuras instalações do Aeroporto Costa dos Corais, alvo de um investimento de R$ 120 milhões do governo do Estado.

Gilson Machado Neto também informou que, segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a localização de vestígios arqueológicos na área do novo terminal aéreo não vai paralisar as obras do espaço. Ainda em Maragogi, o ministro discutiu avanços no turismo com representantes locais do setor e voltou a enfatizar as grandes chances do país após a superação da Covid-19.

“Temos um grande potencial no turismo de natureza, como as belezas únicas aqui da região. Não temos apenas uma sinalização de retomada, e sim uma certeza de retomada”, comentou, citando também os esforços federais pela vacinação contra o coronavírus. O prefeito de Maragogi, Sérgio Lira, por sua vez, comemorou a disponibilidade de Machado Neto em desenvolver parcerias. “O ministro sempre atende a gente em Brasília, e precisamos levar projetos ao Ministério do Turismo pra alavancar o nosso setor”, conclamou Lira.

Também acompanharam as agendas do ministro em Alagoas o coordenador-geral de Assuntos Parlamentares do MTur, João Antônio Caldas, e o diretor do Departamento de Ordenamento, Parcerias e Concessões do MTur, Eduardo Tati Nóbrega.

INVESTIMENTOS – Desde 2019, o MTur já liberou R$ 131 milhões para a realização de obras turísticas em Alagoas. A relação de projetos inclui a reforma do Centro Cultural Ruth Cardoso, em Maceió (R$ 20 milhões), a construção do Centro de Convenções de Penedo (R$ 5 milhões) e a urbanização do entorno do Cristo do Goiti, em Palmeira dos Índios (R$ 1,4 milhão), entre outros.