Governo do Estado está montando blitz até no comércio local, em pleno centro da cidade, prejudicando quem trabalha e também os turistas. A cidade tem duas saídas e comerciantes dizem que isso não faz o menor sentido. A afirmação foi feita, há pouco, pelo prefeito Carrapicho (Tamandaré)
O trânsito em pleno centro da cidade parou com motos e veículos sendo rebaixados o que causou uma grande confusão.

Carrapicho então se dirigiu ao local para explicar a situação, mas os guardas não quiseram conversa. Pior. Multaram o chefe do executivo com a alegação de que ele estaria sem o cinto de segurança. ” Isso não existiu. Como prefeito fui ao local e tentei falar com eles de modo respeitoso. Depois que fiz o vídeo sobre o governador é que eles me multaram”, disse o prefeito.

 

“Eles não gostaram porque fomos defender os comerciantes e quiseram nós intimidar. Uma atitude que não é profissional e totalmente baseada numa mentira”, explicou.

No vídeo em questão, o prefeito defendeu os comerciantes e fez um apelo ao governador Paulo Câmara (PSB) para que orientasse o BPTRAN no sentido correto de trabalho.

“Tamandaré tem duas saídas e não existe nenhum impedimento de que sejam fiscalizadas. Nós também defendemos a vida. O problema é que a fiscalização está no lugar errado”, desabafou.

” Paulo Câmara não votei em você mas isso está errado. Conserte nossos buracos de Carneiros a Saltinho antes de botar essa fiscalização no meio do nosso comércio”, lembrou ele.