Petrolina terá a partir do próximo ano um novo curso de Medicina. A notícia foi confirmada, nesta sexta (25), pelo prefeito Miguel Coelho após reunião com a diretoria da Faculdade de Petrolina (Facape), instituição que formará os novos médicos da região. Quando estiver funcionando, serão 100 vagas destinadas à formação de alunos no curso municipal de Medicina.

A graduação terá alguns diferenciais para a saúde pública da região. Isso porque, a formação dos alunos será voltada para a atenção primária, ou seja, o atendimento médico básico e mais procurado pelas comunidades. Além disso, o curso municipal de Medicina terá uma cota de 30% das vagas para estudantes da região que abrange a chamada Rede PEBA (Pernambuco/Bahia), constituída por municípios próximos de Petrolina, garantindo assim que os estudantes tenham vínculo com o Sertão do São Francisco.

De acordo com o prefeito, para garantir a abertura do curso em 2022, a Prefeitura de Petrolina investirá cerca de R$ 2 milhões em obras e compra de equipamentos para a estrutura de ensino. “É uma grande conquista para o povo de Petrolina. Nossa meta é que o primeiro vestibular já ocorra no primeiro semestre e as aulas iniciem a partir de agosto de 2022. Esse curso significa mais saúde e educação de qualidade para a nossa população, além do fortalecimento da rede básica de nossa região”, comemorou o prefeito.

A reunião foi acompanhada também pelo vice-prefeito Simão Durando e pelo deputado estadual Antonio Coelho, este último responsável por garantir R$ 600 mil para a Faculdade de Petrolina. O parlamentar comentou a importância do novo curso para a região. “Parabenizo toda a equipe da Facape, em especial, o presidente Antonio Habib por esse enorme avanço. Acompanho esse processo desde o começo e acredito que o curso de Medicina será um marco como foi a chegada da Univasf. Sabemos que é um curso muito procurado, portanto, muitas pessoas virão para Petrolina e isso irá engrandecer ainda mais a nossa cidade”, destacou o deputado Antonio Coelho.

No anúncio com a equipe da Facape, o presidente da instituição, Antônio Habib, agradeceu o empenho do prefeito e do deputado Antonio Coelho para viabilizar o novo curso. “Estamos fazendo história, foram quase três anos dedicados ao projeto para chegar nesse momento com o curso aprovado. O apoio da prefeitura foi fundamental, bem como, do deputado Antonio, que destinou emendas parlamentares. Esse curso de Medicina trará muitos benefícios para a população de Petrolina e toda a região do Vale do São Francisco”, avaliou Habib.